Mercado

Troca de bezerros por boi gordo no menor patamar histórico em 2021

A troca de bezerros por boi gordo, em 2021, voltou ao menor patamar histórico.

Ao longo de março de 2021, a relação de troca de bezerros por boi gordo ficou abaixo de 1,70, no menor patamares históricos do indicador, a exemplo de 2015 (Figura).

Pois é, com o preço do bezerro renovando recorde e superando novo patamar, acima de R$3,0 mil por cabeça em 2021 e o preço do boi gordo, não acompanhando, na mesma proporção, essa escalada de alta, o poder de compra do pecuarista que depende da reposição no mercado fica cada vez mais pressionado, como ilustra a Figura abaixo.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária da relação de troca de bezerros por boi gordo de 16,5@, calculada segundo dados do indicador Cepea, entre 2014 e a parcial de março de 2021.

Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

No final de março, a troca de bezerros por boi gordo ficou em 1,67, o menor valor desde 2015.

O fato é que em 2021 o poder de compra do pecuarista no momento de repor o rebanho, voltou ao patamar de 2015, ou seja, nos menores valores históricos do indicador, abaixo de 1,70 cabeças por boi gordo de 16,5@.

Além do menor valor da relação de troca em 2015 e 2021, é importante resgatar também o pico observado no final de 2019, quando o poder de compra do pecuarista saltou para valores próximos de 2,50 bezerros por boi gordo por um curto período de tempo. Isso aconteceu pelo descolamento momentâneo dos preços do boi gordo frente ao bezerro, quando em novembro daquele ano o ganho mensal foi o maior da história para o indicador Cepea. Clique aqui e relembre o que aconteceu em novembro de 2019!

O importante aqui é destacar também que o valor de referência de 16,5@ é apenas para padronizarmos um valor de referência, já que o peso médio de venda dos animais para abate varia de pecuarista para pecuarista.

Com o preço recorde do bezerro, a taxa de abate de vacas em relação ao total de bovinos abatidos no País apresentou o menor valor em 2020, com a cria novamente estimulada. Cabe ressaltar que uma maior retenção de fêmeas tende a impactar positivamente o crescimento de rebanho de bovinos para os próximos anos. E por falar em crescimento de rebanho, clique aqui e confira os dados dos maiores rebanhos e produtores de carne bovina esperados para o ano de 2021!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Troca de bezerros por boi gordo no menor patamar histórico em 2021 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: