Gestão

Abate de bovinos no Brasil segue caindo em 2021: confira os dados!

O abate de bovinos no Brasil segue caindo forte em 2021 e, aliás, nos primeiros 3 meses do ano alcançou o menor valor desde 2009.

Pois é, no 1º trimestre de 2021 o número total de bovinos abatidos no Brasil, segundo IBGE, foi de 6,54 milhões de cabeças, o menor valor desde o mesmo período de 2009, quando a soma ficou em 6,49 milhões de cabeças (Figura).

Além do menor valor em 12 anos, o abate de bovinos no Brasil em 2021 caiu 10,3% em relação ao mesmo período ano anterior, 1º trimestre de 2020, quando o abate somou 7,29 milhões de cabeças.

A Figura a seguir ilustra a evolução trimestral do abate de bovinos no Brasil, em milhões de cabeças, segundo dados do IBGE, entre 2008 e 2021.

abate de bovinos no Brasil
Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

O importante é destacar que a oferta de animais para abate em poucas oportunidades ficou abaixo de 7,0 milhões de cabeças em um trimestre, como observado nos primeiros 3 meses de 2021. E vale destacar que embora o consumo interno de carne bovina esteja em queda no País, a demanda internacional por carne bovina brasileira aumentou consideravelmente no período, contribuindo para o forte movimento de alta nos preços do boi gordo.

Aliás, clique aqui e confira os dados de exportação de carne bovina do Brasil. O Farmnews apresenta os dados da exportação de carne bovina do Brasil nos primeiros 4 meses de cada ano, ao longo da última década, de 2012 a 2021.

Ao longo da série, entre o 1º trimestre de 2018 e o 1º trimestre de 2021, o abate de bovinos no Brasil oscilou entre a mínima de 6,49 milhões de cabeças em 2009 e a máxima de 8,89 milhões de cabeça em 2013.

E mudando de assunto, saiba qual a commodity agrícola, dentre aquelas acompanhadas pelo Farmnews, mais subiu entre maio de 2012 e 2021. Clique aqui e confira os dados!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Abate de bovinos no Brasil segue caindo em 2021: confira os dados! was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: