Mercado

Preço futuro do boi gordo para maio e outubro acentua perda em fevereiro (15)

O preço futuro do boi gordo para maio e outubro de 2024 segue em queda e próximo das mínimas para os vencimentos.

O fato é que o mercado futuro do boi gordo segue trajetória de queda em 2024, para ambos os contratos de maior interesse, de maio e outubro, como ilustram os dados da Figura abaixo.

O contrato para vencimento em maio de 2024 (BGIK24) acumulou perda de 5,9% na parcial do ano, até fevereiro (15), cotado a R$229,0 por arroba. Já o contrato para outubro de 2024 (BGIV24) caiu 6,9% no mesmo intervalo de tempo, cotado a R$243,0 por arroba.

No mercado físico, o indicador Cepea encerrou a primeira quinzena de fevereiro cotado a R$239,0 por arroba, queda de 5,3% frente ao valor que encerrou 2023 (R$252,3). E por falar no preço do boi gordo no mercado físico, o Farmnews comparou a média parcial de fevereiro de 2024 com o valor médio nominal praticado em fevereiro dos anos anteriores. Clique aqui e confira!

A Figura ilustra a evolução diária do preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) e futuro, para vencimento em maio (BGIK24) e outubro de 2024 (BGIV24), em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo para maio de 2024 foi cotado a R$229,0 por arroba na parcial de fevereiro, abaixo da referência no físico (R$239,0) e no menor patamar desde o início de setembro de 2023.

Pois é, além de projetar queda frente a referência no físico, o preço esperado do boi gordo para maio de 2024 alcançou o menor valor em quase 6 meses na parcial de fevereiro (15). O contrato para outubro de 2024 renovou a mínima para o vencimento, pressionado pelo período que tradicionalmente é de uma melhor oferta de animais para o abate.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

E por falar em abate, a quantidade de bovinos abatidos nos últimos 3 meses de 2023 foi recorde. Isso porque o abate de bovinos no Brasil no 4º trimestre de 2023, dados oficiais do IBGE, somou 9,05 milhões de cabeças, o maior valor para o período do ano. Clique aqui e confira os dados!

A expectativa para 2024 é de um cenário de preço mais favorável, ainda que o preço siga em queda no ano (clique aqui). A pressão negativa era esperada especialmente ao longo da primeira metade do ano, o que pode refletir em oportunidades interessantes para aqueles que acompanham o movimento de preço e as respectivas assimetrias entre físico e futuro de perto.

O Farmnews também comparou o preço do boi gordo nos meses de fevereiro, entre os anos de 2010 e a parcial de 2024. Clique aqui e confira os dados!

O TC, nosso parceiro de Educação Financeira explicou como funciona o contrato futuro de boi gordo e suas características. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo