Mercado

Sacas de milho por ureia, poder de compra do grão cai em maio de 2023

A quantidade de sacas de milho necessária para importar uma tonelada de ureia voltou a subir em maio de 2023, após 5 meses consecutivos de queda.

O indicador de sacas de milho por ureia tem por objetivo avaliar o potencial teórico de compra do produtor, uma vez que o cálculo é realizado com base no preço de importação (FOB) do fertilizante. É uma referência para a tendência de custo da matéria-prima.

E antes de falar do poder de compra do milho em relação ao fertilizante, é importante destacar que o preço de importação da ureia segue acumulando a maior queda entre as principais matérias-primas importadas pelo Brasil e volta aos mesmos patamares de 2021. Clique aqui e compare a evolução do preço da ureia, cloreto de potássio e MAP.

É importante mencionar também o comportamento do preço médio geral de importação de fertilizantes pelo Brasil entre janeiro de 2020 e maio de 2023. Clique aqui e confira!

A Figura mostra o preço médio de importação da ureia pelo Brasil, em Reais por kg, entre janeiro de 2020 e maio de 2023, segundo MDIC-SECEX.

sacas de milho por ureia
Fonte: Dados do MDIC-SECEX (adaptado por Farmnews)

O preço médio de importação da ureia pelo Brasil de R$1,51 por kg em maio de 2023 foi o menor desde fevereiro de 2021, quando naquele período o preço de importação foi de R$1,43 por kg. Vale lembrar que o preço médio chegou a alcançar a máxima de R$3,74 em junho de 2022.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Contudo, apesar da forte queda no preço do fertilizante, a cotação do milho intensificou a perda em maio (segunda Figura), caindo mais que a ureia no período e piorando o poder de compra do agricultor após 5 meses.

A Figura ilustra a variação acumulada do preço de importação da ureia pelo Brasil, em Reais e do preço do milho (Cepea), entre janeiro de 2020 e maio de 2023.

Fonte: Dados do MDIC-SECEX e Cepea (adaptado por Farmnews)

É interessante observar que o preço de importação da ureia praticamente devolveu toda a alta acumulada ao longo da série iniciada em 2020 que chegou a ficar acima de 250,0% em junho de 2022 e encerrou maio de 2023 acumulando ganho de 44,5%. No caso do milho (Cepea), entre janeiro de 2020 e maio de 2023, a alta acumulada foi de 13,9%.

O fato é que a maior queda do grão pressionou o indicador de sacas de milho por ureia em maio, com o indicador subindo para 25,99 sacas por tonelada de fertilizante, interrompendo uma sequência de 5 meses consecutivos de queda.

A Figura apresenta a evolução da quantidade média de sacas milho (Cepea) necessárias para importar uma tonelada de ureia (MDIC-SECEX), entre janeiro de 2020 e maio de 2023.

sacas de milho por ureia
Fonte: Dados do MDIC-SECEX e Cepea (adaptado por Farmnews)

Apesar da queda no poder de compra em maio de 2023, o indicador de sacas de milho por ureia (sacas por tonelada) segue distante dos valores observados entre a segunda metade de 2021 e 2022, quando a necessidade de sacas para importar uma tonelada de ureia oscilou em valores próximos de 40,0 sacas.

O preço futuro do milho projeta valores acima do patamar praticado em junho de 2023. Clique aqui e confira! Vale lembrar que o Farmnews atualiza diariamente as cotações do mercado futuro do milho para os contratos em aberto e de maior liquidez. Clique aqui e acesse!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo